Esquema criminoso do governador Pimentel no Ministério do Desenvolvimento movimentou R$ 57 milhões

O esquema criminoso de Fernando Pimentel (PT) movimentou cerca de R$ 57 milhões no período em que o atual governador de Minas Gerais foi ministro do Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio Exterior da presidente cassada Dilma Rousseff (PT). Os dados estão na delação premiada do empresário Benedito Rodrigues Neto, o Bene. Ainda de acordo com Bené, quase metade das propinas (R$ 28 milhões) foi paga … Continuar lendo Esquema criminoso do governador Pimentel no Ministério do Desenvolvimento movimentou R$ 57 milhões

Anúncios

Nomeação de Sérgio Tonet pode ser manobra de Pimentel para escapar da Justiça

Neste fim de semana o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) nomeou Sérgio Tonet como procurador geral da justiça no estado. A nomeação teve até a benção da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. Tudo isso, entretanto, pode ser uma manobra do PT e seus aliados para fazer com que Pimentel escape da Justiça. O governador está encrencado, junto com sua esposa, na Operação … Continuar lendo Nomeação de Sérgio Tonet pode ser manobra de Pimentel para escapar da Justiça

Mais uma denúncia contra Pimentel

Fernando Pimentel foi denunciado mais uma vez na operação Acrônimo, que investiga um esquema de lavagem de dinheiro em campanhas eleitorais. O petista está sendo acusado de corrupção ativa, e foi considerado, junto com Marcelo Odebretch, autor de um esquema envolvendo financiamentos do BNDES. Vale lembrar que a esposa de Fernando, Carolina Pimentel, também é investigada pela operação, e há alguns meses foi indicada pelo próprio … Continuar lendo Mais uma denúncia contra Pimentel

PT usou R$ 6,4 milhões de dinheiro público para pagar empresa investigada na Acrônimo

Mais um escândalo no uso de dinheiro público por parte do Partido dos Trabalhadores: os dirigentes usaram R$ 6,4 milhões de verbas oriundas do fundo partidário para fazer um pagamento à agencia Pepper Comunicação Interativa. A Pepper foi contratada em janeiro de 2015, logo após o início das investigações que deram origem da Operação Acrônimo. O uso do fundo partidário para pagar a agência está … Continuar lendo PT usou R$ 6,4 milhões de dinheiro público para pagar empresa investigada na Acrônimo

Fugindo de vaias, Pimentel entregará Medalha JK para acusado de bancar luxos da primeira-dama a portas fechadas

O governador petista de Minas Gerais Fernando Pimentel entregará a Medalha Juscelino Kubistchek a Otílio Prado, acusado pela força tarefa da Operação Acrônimo de ter pago despesas pessoais da primeira-dama Carolina Pimentel e do próprio governador. A Operação Acrônimo investiga um esquema de propinas, desvios e lavagem de dinheiro com fins diversos, incluindo favorecimento de empresários e financiamento ilegal de campanha. O esquema envolve diretamente … Continuar lendo Fugindo de vaias, Pimentel entregará Medalha JK para acusado de bancar luxos da primeira-dama a portas fechadas