Para Barroso, descumprimento de liminar que afasta Renan “É Crime ou Golpe”

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso divulgou uma nota pública repudiando a decisão do Senado de não acatar a decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello dada na segunda-feira (5 de novembro), que afastava o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) de suas funções. “Deixar de cumprir uma decisão judicial é crime de desobediência ou golpe de Estado”, disse Barroso. No entanto, o ministro … Continuar lendo Para Barroso, descumprimento de liminar que afasta Renan “É Crime ou Golpe”

Anúncios