Sede do PT é pichada com símbolo nazista? Talvez saibamos quem pichou…

A sede do PT em Mogi Mirim foi pichada na última madrugada. Segundo o deputado Renato Simões, em seu Instagram, a pichação também ocorreu na casa do presidente do partido na cidade. Veja:

Não pretendo aqui levantar qualquer dúvida sobre a índole dos petistas, mesmo porque não é necessário propor que se duvide de algo em que ninguém acredita. Contudo, uma coisa sempre me vem em mente quando vejo casos como este, e é o episódio da Segunda Guerra Mundial, quando os nazistas forjaram o incêndio no Reichstag para acusar seus inimigos e persegui-los.

Situações como esta me parecem claras. A quem interessaria um ato como este? Pichação não é exatamente o perfil dos opositores do PT, mas é bem mais o perfil de alguns de seus aliados. Além disso, qual seria o efeito prático de pichar uma parede? Os adversários do PT em geral gostam do bate boca, querem fazer pressão. Seria mais provável passarem de carro xingando um petista na rua do que pichar a casa dele.

Depois vem outra questão, que é o símbolo nazista pichado na parede. Supondo que um oponente do PT tivesse ido até a sede do partido na calada da noite e feito essa pichação grotesca, qual seria a chance de que este fosse realmente um simpatizante do nazismo assumido a ponto de pintar a suástica ali?

Quando coisas assim acontecem é preciso perguntar: quem realmente teve algo a ganhar com a situação? Neste caso, quem teve algo a ganhar é o próprio PT de Mogi Mirim, certamente não os seus adversários. Acho que fica fácil saber quem fez isso.

Anúncios

Deixe uma resposta