Ainda sem partido, Kátia Abreu quer imitar Macron em eleições no Tocantins

Aliada de Dilma e recém expulsa do PMDB, Kátia Abreu ainda permanece sem partido, mas pretende disputar a eleição para o governo de Tocantins.

Para azar do povo tocantinense, a senadora está indo de porta em porta conversar com eleitores, imitando uma estratégia usada pelo esquerdista francês Emanuel Macron, vitorioso nas últimas eleições e atual presidente da França.

Cada conversa dura cerca de um minuto, mas isso não é tempo suficiente para explicar porque tanto apoio dado a um partido corrupto como o PT.

Anúncios

Deixe uma resposta