Desesperado atrás da boquinha sindical, Paulinho da Força apoia a todos e não apoia ninguém

Paulinho da Força apoiou o impeachment de Dilma Rousseff, foi contra as reformas, apoiou Michel Temer, mas também assinou recentemente um manifesto defendendo a candidatura de Lula. Agora, apoia Rodrigo Maia em uma possível candidatura à presidência.

Por que tudo isso?

Porque perdeu a boquinha sindical garantida. Com a reforma trabalhista ele precisa meter a mão na massa e tentar achar alguém que possa ligar de volta a torneira que pingava dinheiro em seu bolso.

Em breve será capaz de apoiar também Ciro Gomes, Marina e até Luciano Huck.

Anúncios

Deixe uma resposta