Mídia Ninja publica fanfic ridícula sobre suposto machismo em escola e sem apresentar qualquer evidência

Imagine que você é uma professora de matemática em uma escola, qualquer que seja, e o vice-diretor chegasse para propor algo como diminuir em 60% as notas de todas as alunas, do sexo feminino, com o objetivo de que apenas os garotos tivessem notas melhores. Qual seria sua reação?

Em alguns casos a reação normal seria denunciar ao Ministério Público ou à Secretaria da Educação, em outras se poderia até pensar em chamar a imprensa para expor tamanho absurdo. Segundo o BuzzFeed e o Mídia Ninja, entretanto, a atitude mais provável é você contar essa história, sem se identificar, sem identificar o nome da escola ou do vice-diretor, para algum site de extrema-esquerda na internet.

26230628_1650552925007000_7441685967913229049_n.jpg

Claro que isso aí é uma mentira cabeluda, daquelas bem forjadas, do tipo que se você contasse em uma roda de amigos bêbados em uma festa até eles ririam de você. Porém, o que se quer com isso é engambelar as pessoas e levá-las a crer na teoria do “machismo institucionalizado”. O problema com esse tipo de coisa é que nem de longe parece verossímil. É o tipo de estorinha que até quem compartilha por concordar com ela sabe que é uma mentira.

Anúncios

Deixe uma resposta