Tesoureiro pede a militantes que fiquem em SP para ‘cercar’ Lula

Emídio de Souza, tesoureiro nacional do PT e ex-prefeito de Osasco, de acordo com a Folha de S. Paulo, desencorajou petistas a irem a Porto Alegre para acompanhar o julgamento de Lula no TRF-4.

A recomendação à militância é para que “permaneçam em São Paulo para acompanhar o ex-presidente em um ato programado para a noite do dia 24 na avenida Paulista”.

“Temos que cercá-lo. Temos que estar junto dele para mostrar que temos força”, disse Emídio.

O que parece mesmo é que eles temem a possibilidade, ainda que muito remota, de uma prisão imediata após dada a sentença condenatória. Apesar de isso não ter grandes chances de acontecer, é possível.

Anúncios

Deixe uma resposta