Haddad é indiciado pela PF por receber propina em campanha

A PF indiciou o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), pelo recebimento de propina na campanha de 2012, quando se elegeu pela primeira e talvez última vez. O recebimento teria ocorrido por meio de uma gráfica petista.

A Operação Cifra Oculta já havia revelado também o caso de Chico Gordo, no ano passado. Relembre:

Fernando Haddad foi eleito com dinheiro roubado da Petrobras. A Folha de S. Paulo obteve mais uma prova desse crime: o número de telefone de “Chico Gordo” estava registrado no celular do diretor financeiro da UTC, que confessou o pagamento de propina para a campanha do prefeito petista. “Chico Gordo” é proprietário da Souza & Souza, uma gráfica fantasma que também recebeu dinheiro da campanha de Dilma Rousseff.

 

Anúncios

Deixe uma resposta