MP afronta a sociedade e dá parecer dizendo que Suzane von Richtofen pode cumprir resto de pena em liberdade

Segundo um exame criminológico solicitado pelo Ministério Público a uma junta médica, Suzane von Richthofen está apta a cumprir o restante de sua pena em liberdade.

Os advogados dela pleiteiam regime aberto desde junho do ano passado, mas ainda não há prazo para o julgamento na Justiça.

Suzane foi condenada a 39 anos de prisão por mandar matar os pais –espancados com barras de ferro enquanto estavam dormindo– em 2002. O crime bárbaro chocou o país, especialmente pelos requintes de extrema crueldade. A assassina confessa jamais demonstrou remorso.

Anúncios

Deixe uma resposta