Janot adota o estilo da carteirada e diz que não gostou do modo como foi intimado pela PF a depor

Depois de ser intimado pela Polícia Federal para esclarecer detalhes sobre o acordo de impunidade da JBS, Rodrigo Janot afirmou a colegas do MPF que a forma como ele foi intimado lhe “causou espécie”, termo jurídico e fresco para dizer que se sentiu incomodado. O delegado da Polícia Federal, Cleyber Malta Lopes, o intimou para prestar depoimento no inquérito relacionado à delação premiada dos executivos do grupo J&F

Nos últimos anos, a relação entre o MPF e a PF tem sido marcada por alguns atritos em torno do protagonismo nas investigações. A Lava Jato ajudou a elevar o nível de tensão. Janot propôs ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja considerado inconstitucional trecho de lei que dá aos delegados de polícia poderes para firmar acordos de delação premiada, assunto que está em julgamento no tribunal, informa a Época.

Anúncios

Um comentário sobre “Janot adota o estilo da carteirada e diz que não gostou do modo como foi intimado pela PF a depor

  1. O Janot induziu os batistas a gravar o Michel Temer prometendo liberdade total, e depois os enganou, não conseguiu derrumar O Temer, se enrrolou e mendou os batistas para a cadeia. Agora tah com mimimi.

Deixe uma resposta