Livro com fotos de Chico Buarque será financiado via Lei Rouanet ao custo de R$ 417 mil

A farra com o dinheiro dos pagadores de impostos brasileiros destinados a projetos “culturais” aprovados pelo governo ganhou mais um exemplo: um livro de fotografias de Chico Buarque foi aprovado para obter até R$ 417 mil por meio da Lei Rouanet.

De acordo com a descrição do projeto, o objetivo é “promover, através da produção de 2000 livros, ação educacional que tenha em vista a disseminação do conhecimento cultural de forma tangível à sociedade”. As etapas do projeto também incluem “agendamento de apresentações e negociação com teatros”, “definição e contratação de shows”, “gravações em estúdio, mixagem e masterização”, “realização dos espetáculos” e “assessoria de imprensa com clipagem”, o que indica que os recursos solicitados pelo projeto podem ser destinados para serviços fora da área fotográfica.

A Lei Rouanet permite que empresas destinem o dinheiro dos pagadores de impostos – aqueles que efetivamente pagaram pelos produtos e serviços – para projetos aprovados pelo governo. De acordo com dados do Ministério da Cultura, quase R$ 15,2 bilhões dos pagadores de impostos foram destinados a projetos “culturais” desde que a lei foi criada.

A informação é do Instituto Liberal de São Paulo.

Anúncios

4 comentários sobre “Livro com fotos de Chico Buarque será financiado via Lei Rouanet ao custo de R$ 417 mil

  1. Num país do tamanho do nosso, com a população que temos, o que são 2.000 exemplares? Que ação educacional visando a disseminação do conhecimento cultural de forma tangível à sociedade ocorrerá? Quem será a elite beneficiada e merecedora de tão honrosa missão? Isto me parece mais um livro que vai enfeitar as mesas de centro das elegantes famílias brasileiras.

Deixe uma resposta para Vitor Cancelar resposta