Governo extingue 60 mil cargos do serviço público federal

O presidente Michel Temer assinou nesta 3ª feira (9.jan.2018) 1 decreto que extingue 60,9 mil cargos da administração pública federal. Segundo o Ministério do Planejamento, a medida servirá para “tornar a arquitetura de cargos e carreiras mais adequada às necessidades atuais e futuras da administração pública”. 

Telefonista, editor de vídeo tape, assistente de som, datilógrafo e digitador estão entre as funções consideradas “obsoletas” e que serão cortadas. Do total de cargos extintos, 37.872 estavam vagos. Os demais ainda estão ocupados e serão fechados conforme ficaram vagos.

A medida faz parte do pacote de ajuste fiscal anunciado pelo governo em agosto de 2017. Ele foi divulgado junto com a revisão das metas fiscais de 2017 e de 2018. O Planejamento afirma que a mudança não terá impacto fiscal imediato, mas evitará 1 aumento de despesas no futuro.

A informação é do portal Poder 360

Anúncios

Deixe uma resposta