Gleisi Hoffmann não está sabendo lidar com o pedido de Marchezan por Exército em 24 de janeiro

Gleisi Hoffmann ficou nervosa com a solicitação de Marchezan para que a Força Nacional atue em Porto Alegre no dia 24 de janeiro.

A preocupação do prefeito é simples: ele não quer baderna e quebra quebra. Dependendo de qual seja o posicionamento dos desembargadores do TRF-4 no julgamento de Lula, sabe-se que há enorme possibilidade de que ocorram atos de vandalismo extremos e violência urbana por parte dos petistas.

A senadora, que não é boba, mas malandra, postou o seguinte no Twitter:

gleisi-1.png

Também tem sido dito que Marchezan, na condição de prefeito, não tem poder para exigir a Força Nacional. De fato, ele não tem, mas pode perfeitamente cobrar uma posição do governador Sartori. Se o governador concordar, ele mesmo pode exigir a presença dos militares na capital gaúcha.

Anúncios

4 comentários sobre “Gleisi Hoffmann não está sabendo lidar com o pedido de Marchezan por Exército em 24 de janeiro

  1. Hhahahahah! A amante está incomodada com a manutenção da segurança da população. Os vermelhinhos sim, podem formar seu exército de incapazes sujar e quebrar os bens públicos. Isto eles chamam de manifestação.

  2. acho que esta enrrustida está precisandode ver o sol nascer quadrado jáos babacas dos sem terraspodem sim fazer badernas e quebradeiras me portoi alegre no dia em que lua for prezos e ai entra as ff aa e destroi esta parazitada que não vale um peido para cheirar

Deixe uma resposta