Socialismo assassino: Papai Noel de Caracas ouve venezuelanos implorando por comida

Joel Rodríguez, um morador de rua que não tem uma perna, chora quando um homem vestido de Papai Noel o presenteia com comida e roupa em uma rua de Caracas, um ato solidariedade em um Natal marcado pela profunda crise do país.

“Às vezes, comemos do lixo, mas Deus sempre põe anjos no nosso caminho, e vocês são os anjos do Natal”, diz, com a voz embargada, Joel, que se locomove em cadeira de rodas.

Vários jovens fantasiados de elfos, palhaços ou com chapéus natalinos, choram ao lado dele, gritam emocionados e abraçam-no.

Eles são voluntários do “Papai Noel nas ruas”, uma iniciativa surgida há 12 anos para levar presentes de Natal às pessoas mais pobres da capital e de outras cidades do país antes da data comemorativa.

Desta vez, em uma Caracas sem decoração de Natal, o Papai Noel e seus duendes entregaram comida, remédios, roupas e brinquedos para crianças, idosos e desabrigados.

Os presentes seguem o tom da grave crise econômica, que provocou a escassez de alimentos e medicamentos e pode levar a inflação a 2.349% em 2018, segundo o FMI.

A informação é do portal UOL.

Anúncios

Deixe uma resposta