Vídeo bizarro de Manuela D’Avila reaparece na Internet após aniversário de 1 ano da morte de Fidel

A deputada estadual Manuela D’Ávila, do PCdoB do Rio Grande do Sul, gravou um vídeo no ano passado para tratar da morte do ditador Fidel Castro. Embora o objetivo do vídeo fosse inicialmente esse, a deputada devaneia a maior parte do tempo sobre diversos assuntos.

Em certos momentos, diz que não há mais países comunistas no mundo, mesmo que seu partido tenha oficialmente apoiado a ditadura norte-coreana. Em outro momento, diz que o Haiti é um país capitalista, embora tenha sido governado décadas pelo ditador socialista Papa Doc e seu filho, Baby Doc.

Antes, ainda, disse também que Cuba tem 0% de mortalidade infantil e outras baboseiras. A peça é tão hilária e patética que acabou sendo resgatada após um ano da morte de Castro. Assista:

Anúncios

3 comentários sobre “Vídeo bizarro de Manuela D’Avila reaparece na Internet após aniversário de 1 ano da morte de Fidel

  1. Pela lógica da”Maconhela D’Ávila”, em exaltar os socialistas pela invenção do celular, devemos todos um pedido de desculpas aos nazistas. Afinal de contas, eles inventaram a propulsão a jato. Desculpa aí Hitler, foi mal…

  2. Eu acho ela uma coisinha, da vontade de levar para casa, pena que entrou em uma furada, e tem falado muita besteira, fora deste campo político, gostaria de vê-la fazendo arte esquerdista no MAM. Todo mundo pelado.

Deixe uma resposta