Economista do PSDB detona documento “nem, nem” do partido

Ex-presidente do conselho da Eletrobrás e ex-diretora de privatização do BNDES na era Fernando Henrique Cardoso, a economista Elena Landau é considerada uma das principais referências do PSDB no setor. Nessa entrevista ao Estado/Broadcast, ela fez duras críticas às diretrizes do novo programa partidário do partido apresentado nessa terça-feira, 28, em Brasília pelo presidente do Instituto Teotônio Vilela, José Aníbal.

 “Quando cheguei na frase ‘nem estado mínimo, nem máximo, estado musculoso’, quase parei ali”, disse a economista. Elena disse, ainda, que os economistas ligados ao PSDB não foram consultados previamente pelo Instituto Teotônio Vilela (ITV), braço de formulação política da legenda responsável por formular o documento.

A informação é do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta