Joesley chega para depor no Senado e deve permanecer em silêncio, segundo advogados

O empresário Joesley Batista chegou nesta manhã de terça-feira, 28, ao Senado Federal escoltado pela Polícia Federal, com apoio da Polícia Legislativa. Joesley foi convocado pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS e pela CPI do BNDES para prestar depoimento. A sessão conjunta das duas comissões estava prevista para começar às 9h.

A defesa do empresário tentou, na semana passada, sem sucesso, cancelar o depoimento ao colegiado. No pedido, os advogados indicaram que o dono da empresa de frigoríficos usaria o direito ao silêncio e, portanto, não responderia aos questionamentos feitos pelos parlamentares.

As informações são do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta