UOL faz matéria mentirosa para atacar delegada em caso de ator espancado

Há quase uma semana, o portal UOL publicou uma matéria a respeito do caso do ator Diogo Cintra, que foi agredido em um metrô em São Paulo. Com o título “Ator negro espancado depõe, e delegada diz que racismo pode ter sido ‘impressão pessoal dele'”, a matéria deixou para os leitores subentendido que a delegada do caso estaria agindo de má vontade ou até mesmo ignorando fatos e indícios apresentados pela vítima.

111.JPG

O título é uma mentira, e os primeiros parágrafos também, como se pode ver abaixo:

222

Note que a verdade só surge bem depois, lá pelo quinto parágrafo do texto, provando que a jornalista Janaína Garcia, responsável pela matéria, agiu de forma intencional e mentirosa.

333.JPG

Ou seja, fica claro que a delegada se referia a uma fala do próprio ator. A matéria do UOL deu a entender que a delegada simplesmente descartou o depoimento da vítima alegando que tudo não passou de “impressão dele”, quando a verdade é que o ator admitiu não ter certeza, mas apenas a impressão de que sofreu racismo.

Esse é o típico jornalismo pilantra feito por militantes esquerdistas.

Anúncios

Um comentário sobre “UOL faz matéria mentirosa para atacar delegada em caso de ator espancado

  1. A delegada esta correta, esta coisa agora de dizer que tudo é racismo, perseguição, intolerancia, esta virando uma palhaçada, sendo que o pais tem mazelas piores para serem vistas e corrigidas, agora o cara tropeça em uma calçada de branco e se machuca, já aparece alguém para dizer que foi racismo.

Deixe uma resposta