Huck pode ter “desistido” de candidatura apenas de mentirinha…

Um dos patrocinadores de Luciano Huck procurou-o para conversar sobre seus planos políticos. Almoçaram na última quarta-feira. O empresário perguntou a Huck se ele seria mesmo candidato à Presidência da República. Disse que não gostaria de ver sua logomarca associada a um projeto presidenciável. Em timbre categórico, o apresentador da Rede Globo declarou: 1) Não disputará o Planalto; 2) Não se filiará a nenhum partido político.

Posteriormente, ao relatar o encontro, o interlocutor de Huck disse estar convencido de que o nome dele não constará do rol de opções nas urnas de 2018. Curiosamente, o blog apurou que Huck ainda não informou sobre sua suposta decisão à cúpula do PPS, legenda com a qual vem negociando. Até a noite de quinta-feira, o partido permanecia no ar.

Nas conversas com o PPS, Huck disse ter simpatia pelo partido, que considera “decente”. Mas não se comprometeu a assinar a ficha de filiação. Declarou que gostaria de desempenhar um papel político em 2018. Mas não sabia se iria apenas “participar” do processo ou “competir” efetivamente na sucessão. Na última reunião com dirigentes do PPS, ocorrida há duas semanas, Huck comprometera-se a dar uma resposta definitiva ao PPS no final de dezembro. Confidenciou que a Globo lhe cobrava uma definição.

A informação é do portal UOL.

Anúncios

Um comentário sobre “Huck pode ter “desistido” de candidatura apenas de mentirinha…

  1. O Hulk é esperto e astuto, do contrário não sairia de sua condição de apresentador medíocre com voz chata para a de empresário multimilionário.
    Então, o que o motivou a ser alvo de elogios e críticas nas últimas semanas? Quis ser candidato presidencial apenas por egocentrismo?
    Foram basicamente o interesse pessoal e a esperteza malandra.
    O Hulk quis balançar o cenário político e eleitoral, e mostrar que possui uma retaguarda (milhões de seguidores eleitores) que pode ser usada por qualquer candidato presidencial, em troca da implantação da agenda esquerdista extremista.
    O Hulk conseguiu exposição midiática gratuita, apenas ameaçando ser candidato presidencial. Amedrontou o Lulão e até as pessoas racionais, como o jornalista Reinaldo Azevedo.
    O Hulk é mais um produto da Escola Suplicy de marketing político: recebeu a atenção midiática sem fazer nada.

Deixe uma resposta