Financiado por verbas federais durante os governos petistas, Paulo Henrique Amorim é mantido na emissora de Edir Macedo

 

No início deste ano, foi divulgada parte das contas de publicidade federal para os blogs patrocinados pelo PT para atacar jornalistas e veículos independentes que denunciam a roubalheira do suposto partido.

As verbas da chamada “mídia alternativa” (à verdade) passaram de R$ 6,9 milhões em 2013 para R$ 9,2 milhões em 2014. Veja lista:

01-Tabela-custos-alternativos-02jul2015

Entre outros nomes, destaca-se o de Paulo Henrique Amorim, âncora do Domingo Espetacular, dominical da TV Record. Mesmo com postura amplamente ativista e com a isenção abertamente comprometida, o dono da emissora Bispo Edir Macedo, além de seus comandados, não tomaram a atitude de afastar o apresentador.

Em 2010 o jornal Folha Universal, publicação oficial da Igreja de Macedo, comemorou a posse da ex-presidente Dilma Rousseff, celebrando a presença do líder máximo da igreja neopentecostal.

Atualmente o PRB, partido ligado à Igreja, ocupa ministério no governo Temer, ainda que o Bispo Marcos Pereira, ministro de Comércio Exterior, tenha sido delatado por JBS e Odebrecht há meses.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Financiado por verbas federais durante os governos petistas, Paulo Henrique Amorim é mantido na emissora de Edir Macedo

  1. Nossa, mega investigação jornalística! Só rindo deste “jornal” mesmo. Qualquer um faz uma planilha dessa
    (agora vejamos se ao mesmo têm a coragem de aprovar este comentário)

Deixe uma resposta