Garoto que mudou de gênero aos 12 anos arrependeu-se pouco depois

O caso foi relatado no britânico Independent. Com apenas 12 anos de idade, e após os médicos o diagnosticarem com disforia de gênero, Patrick Mitchell implorou à mãe para iniciar o tratamento hormonal. Com a concordância dos profissionais, ela deu total apoio e Mitchell iniciou a transição.

Enquanto os hormônios faziam nascer seios no corpo, o britânico deixou o cabelo crescer. Mas, após dois anos, Mitchell mudou de ideia. E justo após socialmente adotar um nome feminino.

Em entrevista ao 60 Minutes, ele assim se pronunciou:

Comecei a perceber que estava realmente confortável no meu corpo. A cada dia eu me sentia melhor.”

A mãe também falou a respeito:

“Ele me olhou nos olhos e disse: ‘não tenho certeza de que eu sou uma menina‘.”

Para reverter o processo, Mitchell interrompeu a medicação e se preparou para remover cirurgicamente o excesso de tecido mamário.

Embora a disforia de gênero seja rara, o número de pessoas diagnosticadas com a condição tem aumentado. O que preocupa a Sociedade Brasileira de Pediatria. Pois, de acordo com a entidade, nove em dez crianças “voltam a ficar satisfeitas com o gênero biológico”. O temor é de que a imprensa tenha transformado a “questão de gênero” numa moda que findaria em diagnósticos desastrosos – como o de Mitchell.

O texto é do portal Implicante.

Anúncios

16 comentários sobre “Garoto que mudou de gênero aos 12 anos arrependeu-se pouco depois

  1. CORRETO DEUS CRIOU O HOMEM E DEPOIS A MULHER ..DISTINTAMENTE E NÃO TEM ESTA DE UMA CRIANÇA COM UM OU OUTRO SEXO PODER OPTAR PELO OPOSTO….. ISTO É IR CONTRA A NATUREZA CRIADA POR DEUS …… MALDITOS SEJAM OS APOIADORES DESTA DESASTROZA IDEIA

    1. Acredito que qualquer decisão séria como até uma tatuagem deveria ser refletida pelomenos até a maior idade mas o mundo não é como um quadrado ele é como um globo mesmo, em constante mudança .. Uma coisa é Deus ter feito o homem e a mulher e ambos terem suas diferenças e igualdades e obterem a procriação de forma biológica..Mas não ponha o nome de Deus achando que é ele para criticar achar que pode julgar ..Sabe qual é o problema é o que ninguém vê já tivemos uma sociedade que achava que o homem tinha direitos e as mulheres não mas foi constatado que ambos tinham capacidade e direitos assim também os negros acreditando os brancos serem superiores e únicos merecedores da liberdade mas se viu que era só o sexo ou só uma cor diferente mas esse é mais difícil de entender pois é como a fé em Deus ..muitos não crêem que ele exista pois não o vemos de maneira física ou os sentimentos não vemos mas sentimos .. Uma coisa é você fazer mal a alguém, matar,roubar,ou fazer da sua sexualidade ou gênero uma porta de vulgaridade e traições como até héteros erram outra é você sentir dentro de você,que você nasceu uma pessoa boa,com seus princípios,seu caracter,mas com uma alma que por algum outro motivo da natureza você não sente concordância em alma em sentimentos e seu corpo, pra tudo se existe exceção mas ninguém trocaria de sexo ou gostaria de se chamar por outro gênero por moda pois quem é diferente sofre e muito agora imagina explicar pra alguém que não acredita ?! O negro é no exterior a gente olha e diz meu filho todos somos iguais ele é só uma cor mas é humano como qualquer cor e quando é aqui dentro?! Tente explicar para uma pessoa que não acredita ..que Deus existe ele vai dizer cadê ele e você vai pensar está aqui dentro de nós você vai se indignar como a pessoa não te entende por que você foi capaz de sentir então pensa temos raciocínio mas também coração só que biologicamente ele só foi feito para bombear o nosso sangue mas muitos sabem que o sentimento chamado amor toma conta dele não é mesmo ?! Não é porque sabemos que uma fusão tem um propósito que deve se ter preconceito com o diferente,tantos casais héteros com inúmeros filhos passando trabalho que são adotados por casais gays por exemplo isso não pode ser um exemplo de equilíbrio também?! Um exemplo a crença do padre ele é homem não quis casar nem teve filhos mas estava aqui com outra missão alguém crítica?! Se esse mesmo padre for hétero e vive na igreja mas abusar de jovens,querer ganhar dinheiro as custas da inocência e fé mas ele é padre alguém tem coragem de mata ló?! Não porque ? Porque a imagem dele é de um homem de fé de Deus agora uma pessoa que talvez seja uma pessoa maravilhosa,que ajuda ao próximo,que não traia seu companheiro,que adotou crianças como se tivesse seu sangue pois o amor é maior e ela é transgênero quantos vão passar na rua por essa pessoa e julgar como se isso não é de Deus qual é a chance de alguém matar essa pessoa por ódio?! E nem sabe quem essa pessoa é aqui dentro?, Se você desconhece algo ou não sente ou não acredita pelomenos respeite,siga o que você acredita tudo bem mas não aponte o dedo achando que você é Deus pois só ele sabe quem somos aqui dentro e porque cada um de nós vem ao mundo, não atire a primeira pedra e quem julga é ele ..e Jesus nos ensinou o valor do amor não é porque algo nos é desconhecido de carne e osso que não exista!!

  2. Pelo amor de Deus! O que a mãe dessa criança tem na cabeça? Meninas são meninas, e meninos são meninos…Ponto! Não há provas científicas do contrário.

  3. Culpado sao estes pais moderninhos que fazem de tudo para o filho…nao sao presentes e acham q fazendo tudo vai ser bons pais!!! Falta Deus e muito amor

  4. Fui, como muitos aqui já foram, adolescente.. Lembram como achávamos que sabíamos de tudo ?? Tínhamos certeza de tudo… #sqn…. Uma criança de 12 anos como todos nós já fomos não sabe #porranenhuma . Respeito e não tenho preconceito, apenas acho uma autêntica palhaçada que cada vez mais se mexa com idades cada vez menores para coisas que podem ser até irreversíveis.

Deixe uma resposta