Pesquisa mostra que 98% das menções ao PSDB nas redes sociais são negativas

Uma pesquisa ecomendada pelo PSDB trouxe más notícias para os tucanos. De acordo com o levantamento, 75% dos brasileiros não acreditam que o partido elegerá um presidente em 2018.

As informações são da coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, deste domingo (29).

A descrença no partido seria causada por três fatores: aliança com o presidente Michel Temer; permanência do senador Aécio Neves (MG) nos quadros da legenda e as brigas internas entre os tucanos.

A análise das redes sociais mostrou, ainda, que 98% das menções ao partido são negativas. A legenda é a que mais perde engajamento em sites como o Facebook e o Twitter. Apenas em outubro, caiu 44%. Com o resultado, o PSDB está atrás da Rede, do PT, do PC do B e do PMDB.

Diante do resultado, o presidente interino do partido, Tasso Jereissati (CE), estuda desembarcar de vez do governo de Temer para restaurar a imagem do partido.

As informações são do site Conexão Política.

Anúncios

Um comentário sobre “Pesquisa mostra que 98% das menções ao PSDB nas redes sociais são negativas

  1. “A descrença no partido seria causada por três fatores: aliança com o presidente Michel Temer; permanência do senador Aécio Neves (MG) nos quadros da legenda e as brigas internas entre os tucanos.”, não não só esses fatores, eis outros:
    1. Membros do partido foram contra o impeachment de Lula (2005) e Dilma Rousseff (2015);
    2. Declarações dos membros do partido favoráveis ao ex-ditador cubano Fidel Castro;
    3. Declarações dos membros do partido que se dizem ser esquerda (apesar de muitos brasileiros acreditarem serem de direita, mas já está mudando);
    4. Apesar de receberem milhões de votos nas eleições presidenciais, o partido não honrou com seus eleitores e foi “oposição frouxa” nos 13 anos com PT;
    5. José Serra, Geraldo Alckmin e Aécio Neves, que já foram candidatos à presidência, estão envolvidos com corrupção.
    Do jeito como está, será primeira vez desde 1994, que PSDB não entrará no segundo turno… para desespero dos petistas!

Deixe uma resposta