Privatização da Eletrobrás deve render R$ 15 bilhões à União

O governo deve dobrar a previsão de arrecadação com a privatização da Eletrobrás no Orçamento de 2017. A estimativa de R$ 7,7 bilhões que consta no projeto é considerada conservadora e deverá ser alterada para um valor mais próximo de R$ 15 bilhões, segundo apurou o Broadcast/Estadão. 

O valor é referente à parcela que o Tesouro Nacional vai receber da Eletrobrás pelo pagamento de bônus de outorga no processo de privatização da companhia, quando a energia das usinas da empresa, hoje entregue pelo custo, poderá ser vendida a preços de mercado.

A privatização poderá render entre R$ 30 bilhões e R$ 35 bilhões, segundo estimativas da área econômica, mas esse benefício será dividido entre Tesouro, Eletrobrás e os consumidores de energia, por meio de abatimentos futuros na conta de luz. A mudança está em discussão entre os ministérios da Fazenda, Minas e Energia, Planejamento e a secretaria executiva do Programa de Parcerias de Investimento (PPI).

Fernando Coelho Filho, que se licenciou do Ministério das Minas e Energia para reassumir seu mandato de deputado e votar a favor de Temer, disse ontem que a medida provisória irá à Casa Civil na semana que vem. “Estamos correndo para fechar.”

Ontem, depois da divulgação da notícia pelo Broadcast, as ações da Eletrobrás foram destaque de alta na Bolsa. Os papéis ON fecharam o dia com valorização de 3,45%.

A informação é do Estadão.

Anúncios

Um comentário sobre “Privatização da Eletrobrás deve render R$ 15 bilhões à União

  1. O CAPITALISMO GERA EMPREGO E PROSPERIDADE. EXEMPLO: TRUMP COM POUCOS MESES NO PODER, JÁ GEROU UMA ECONOMIA DE $5.000.000.000.000,00 E CRIOU VÁRIOS EMPREGOS NOS EUA.
    JÁ O SOCIALISMO E O COMUNISMO GERA MISÉRIAS E DEPENDÊNCIAS, EXEMPLO: CUBA E VENEZUELA.
    BOLSONARO PRESIDENTE EM 2018, PARA LIVRAR O PAÍS DESTES CÂNCERES
    VAMOS PRIVATIZAR TUDO E REDUZIR O TAMANHO DOS ESTADOS.
    PRIORIZAR A EDUCAÇÃO E A SAÚDE.

Deixe uma resposta