Se no lugar de Caetano estivesse Lobão, a mídia cairia matando com acusações de pedofilia e estupro

por Roger Scar

Imagine, por um momento, que em vez de Caetano Veloso fosse o cantor Lobão a estar envolvido em um caso sexual aos 40 anos de idade com uma garota de 13. Imagine, ainda, que isso tivesse acontecido lá nos anos 80 e que só tivesse vindo a tona nos dias de hoje. O que você acha que aconteceria com o sujeito? Quais seriam as manchetes de jornais como Folha de São Paulo e O Globo?

Não é difícil imaginar. Aliás, é até fácil. As manchetes o acusariam de estupro de vulnerável, de abuso sexual, de pedofilia e tudo o mais que pudessem. Certamente algum grupo de atrizes globais lançaria uma campanha com algum slogan do tipo “Pedofilia não” ou até uma hashtag contra o cantor. É praticamente certo que fariam da vida de Lobão um verdadeiro inferno.

No entanto não aconteceu nada disso com Caetano Veloso. Apesar de a própria Paula Lavigne ter dito, claramente, que teve relações sexuais com o cantor aos 13 anos de idade, quando ele já tinha 40, isso não escandalizou os setores mais proeminentes e poderosos da imprensa, nem sensibilizou as atrizes globais. Será que isso realmente não tem nada a ver com política? É ingenuidade acreditar nisso.

Se no lugar de Caetano estivessem figuras como Lobão, Roger Moreira ou Danilo Gentili, suas carreiras já teriam sido destruídas e, em certo nível, nem é exagero pensar que pudessem estar até presos. Mas Caetano tem privilégios. Por quê?

Anúncios

11 comentários sobre “Se no lugar de Caetano estivesse Lobão, a mídia cairia matando com acusações de pedofilia e estupro

  1. Porque a grande maioria da população brasileira tem mais coisa para pensar, tipo pagar as contas com a grana curta, educar filhos com esse bando de inúteis da mídia e das “artes” atrapalhando, ver a dissolução da família e o clero dominado pelos “progressistas/socialistas” do Xico I nem aí e imaginando que as coisas do jeito que estão até Deus virou as costas e foi-se embora. Então me digam dá para ficar pensando nesses dois bostinhas, seres ignominiosos que só querem ter razão num mundo onde ela já não existe mais?

  2. Acho que não. O Lobão já não é relevante no cenário musical há mais de 10 anos. A mídia não está nem aí pra ele. Aliás, no tempo que fazia sucesso ele jamais se alinharia a bolsominions, porque ele é brilhante e fareja a mediocridade a quilômetros de distância. Acho que vcs nunca escutaram Lobão. Nem sabem do que estão falando. Pede pro papai mostrar quando ele chegar em casa!

  3. Concordo com esta matéria! No Brasil em todos segmentos da sociedade existe este tipo de 2 pesos e 2 medidas. É meu amigo, e por conveniência não censuro! Não é meu amigo, então também por conveniência eu censuro! Nunca por uma posição lógica do que se deve ou não fazer, independente de amizades e interesses. Esta é uma cultura perversa do Brasil, que precisa ser erradicada, e somos nós o povo que devemos fazer isto, nenhum partido político fará! Todos se vendem por dinheiro!

  4. Caetano e esses artistas comunistas, acobertados pela mídia, mamando em dinheiro público, eu quero mais é que se ferrem. Se achavam intocáveis e agora a podridão de suas vidas está sendo exposta ao público.

Deixe uma resposta