Coalizão de Macri vence tropa da bolivariana Kirchner nas eleições legislativas

Os números oficiais da apuração da eleição legislativa argentina , realizada neste domingo (22), com mais de 90% das urnas apuradas em todo o país, indicam que a aliança Mudemos, do presidente Mauricio Macri, terá a maior bancada no Congresso a partir de dezembro.

O governo também venceu a disputa para o Senado da província de Buenos Aires, a mais importante do pleito. Com 99,19% das urnas apuradas à 0h15 (1h15 em Brasília), o ex-ministro da Educação Esteban Bullrich tinha 41,38% contra 37,25% da ex-presidente Cristina Kirchner.

Os resultados apontavam também para uma vitória do Mudemos em várias províncias importantes, como Córdoba, Entre Ríos, Santa Fe, Mendoza e também em Santa Cruz, bastião kirchnerista.

Entre elas, uma surpresa, Salta, governada por Juan Manuel Urtubey, um peronista antikirchnerista que pretende unir a corrente em torno de uma possível candidatura presidencial sua em 2019.

O próprio Urtubey discursou logo depois do anúncio dos primeiros resultados, admitindo a derrota do peronismo e parabenizando Macri.

Outra vitória notável foi em La Rioja, onde a Mudemos superou o ex-presidente e atual senador Carlos Menem em seu bastião tanto no Senado quanto na Câmara.

A informação é da Folha de São Paulo.

Anúncios

Deixe uma resposta