TRF-4, que vai julgar processo de Lula, aumenta mais uma pena expedida por Moro

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que julga recursos contra sentenças expedidas pelo juiz Sergio Moro, aumentou a pena de João Claúdio Genu de 8 anos e 8 meses para 9 anos e 4 meses.

Genu é assessor do Partido Progressista (PP) e foi condenado por integrar esquemas de corrupção na Petrobras.

O aumento da pena foi baseado na culpabilidade negativa, ou seja, no fato de o réu ter condições sociais e intelectuais de reconhecer e resistir à prática do ilícito e, ainda assim, praticá-lo. Ele também terá de pagar cerca de R$ 3 milhões por desvios da Petrobras.

As informações são do Radar On-Line.

Anúncios

2 comentários sobre “TRF-4, que vai julgar processo de Lula, aumenta mais uma pena expedida por Moro

Deixe uma resposta