Promotoria quer inverter o jogo e, acredite se quiser, decide perseguir quem primeiro denunciou a exposição do MAM

Informa o site do Ministério Público de São Paulo:

O Ministério Público de São Paulo ajuizou ação civil pública contra a Google, com pedido liminar, para que a empresa torne indisponível o conteúdo dos endereços eletrônicos que noticiaram a polêmica envolvendo o Museu de Arte Moderna (MAM) e uma exposição realizada no dia 29 de setembro em que um artista apresentou-se sem roupa em uma sala onde havia crianças.

Esta parte até não é tao problemática. Retirar o vídeo da internet para tentar proteger a integridade da criança seria uma atitude nobre. O que vem depois, no entanto, é de lascar:

“A promotoria pede que a Google conceda ao MPSP acesso aos registros de seus provedores, devendo ser identificado qual provedor efetuou o primeiro carregamento de conteúdo.”

Basicamente o MPSP está perseguindo quem publicou o vídeo, enquanto deveria estar ajuizando uma denúncia contra o ator que ficou pelado e foi tocado por crianças, bem como a mãe ou o pai das crianças envolvidas e o próprio Museu de Arte Moderna.

Anúncios

10 comentários sobre “Promotoria quer inverter o jogo e, acredite se quiser, decide perseguir quem primeiro denunciou a exposição do MAM

    1. Olha só como a Esquerda é hipócrita em 4 flagrantes neste caso:

      1) Não querem censura,

      Mas…
      – São os primeiros a querer censurar o Google;
      – Impedir que vejam suas canalhices;
      – Censurar quem diz que as exposições do Santander e do MAM não é arte;
      – Censurar e xingar de fascista quem dá opinião contrária nas redes sociais; e
      – Querem #342arte para amordaçar e criminalizar quem denuncia abusos de falsa arte e abusos na Lei Rouanet.

      2) Alegam que na Ditadura Militar foram perseguidos,

      Mas…
      – São os primeiros a perseguir; e
      – Querem impor uma ditadura contra quem pensa diferente deles.

      3) Acusam a sociedade de moralista,

      Mas…
      – Sob alegação moral dizem que a imagem de crianças foi exposta publicamente.

      4) Dizem que no MAM não houve crime de abuso infantil:
      – pais e mães deixaram crianças tocar adulto nu; e
      – adulto nu deixar ser tocado por crianças publicamente.

      Logo…
      – Não querem punir a criminosa que deixou criança tocar no adulto nu;
      – Não querem punir quem deixou ser tocado publicamente;

      Mas…
      – Querem punir a testemunha que fez o vídeo denunciando e apresentou as provas do crime.

      Logo…
      – Os Esquerdistas são os verdadeiros:
      1) Censores;
      2) Ditadores e Opressores;
      3) Moralistas
      4) Cúmplices

      Conclusão: Os esquerdistas nos xingam do que são, nos acusam do que fazem.

    1. Concordo nessa parte. Se a intenção de quem postou era celebrar a “arte”, então não há muito problema. O beneficio que o elemento causou foi colateral e ele provavelmente não queria demonizar a própria arte. Esquerdistas ousados acabam beneficiando a direita.

      Já a Google é esquerdista e apoia pedófilos, então minha simpatia é ZERO.

  1. Se tem um processo em andamento essa pessoa é uma testemunha ocular que pode ser identificada e que nao pode negar que estava lá, como encontrar os outros? Acrefito que nao fica identificação e endereço na entrada e bestas horas todos somem e mhito processo nao anda pir falta de testemunha, acredito que é só burocracia de processo.

  2. É preciso investigar todos os profissionais envolvidos nesse esquema. 800 mil reais para expor gente pelada dá pra comprar muita gente, até promotores.

  3. Uma das merdas problematicas dos paises ocidentais e o ativismo judicial. justica virou ferramenta pra perseguir pessoas de bem. Exemplo claro e processo contra Bolsonaro para indenizacao dos quilombolas e quando e contra outro deputado ai vale a imunidade parlamentar. Nao temos justica nem eleicoes limpas entao nao temos democracia nenhuma. SOS FFAA.

Deixe uma resposta