Gleisi e seu marido Paulo Bernardo tomaram vaia ao visitar museu na Rússia

A senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, e o ex-ministro Paulo Bernardo foram vaiados neste domingo durante visita ao Museu Hermitage, na cidade russa de São Petersburgo.

Ambos réus na Lava Jato, o casal foi verbalmente hostilizado por um grupo de brasileiros que também visitava o local. Preso dia 23 de junho de 2016, na Operação Custo Brasil, Paulo Bernardo foi libertado uma semana depois, por decisão do ministro do STF Dias Toffoli.

Um dos maiores museus do mundo, o Hermitage é considerado uma das grandes atrações de arte e cultura da cidade.

As informações são do Estadão.

Anúncios

4 comentários sobre “Gleisi e seu marido Paulo Bernardo tomaram vaia ao visitar museu na Rússia

  1. O quê esses dois bandidos estavam fazendo na Russia? Foram esconder dinheiro roubado ou foram só “dar o rabo” mesmo?
    Eles merecem sim, serem xingados e esculachados pelo povo que os reconhece na rua, na verdade, mereciam uma surra para ir parar na UTI. Ladrões malditos!
    Parabéns a todos envolvidos!
    #ForaPT
    #GloboLixo

  2. Gleise e esse seu marido, dois pilantras que se fosse de um país sério ao invés de estarem curtindo um belo passeio,deveria mesmo era estar trancafiados.

Deixe uma resposta