Esclarecimento sobre a mineração de criptomoedas

Há alguns dias diversos blogs, em sua maioria de extrema esquerda, tentaram criar um escândalo para desviar o foco de nosso trabalho em relação às exposições pedófilas do MAM e do Santander Cultural. Para isso, fizeram matérias sensacionalistas nas quais acusaram o Jornalivre de “explorar” o computador dos usuários para minerar criptomoedas.

A realidade é que o Jornalivre colocou o script de mineração no dia 3 deste mês, como um teste. A ideia era ver o desempenho e testar os lucros possíveis, e caso fosse viável substituiríamos a mineração pelos atuais anúncios. Como o site não possui nenhum tipo de verba pública ou mesmo financiamento privado, nem mesmo aceitamos doações dos seguidores, o dinheiro arrecadado com os anúncios é usado para pagar os redatores e as pessoas que cuidam de nossas páginas nas redes sociais.

No entanto, uma semana depois de usar o script percebemos que ele não era viável. Muitos leitores enviaram mensagens reclamando de lentidão e alguns alegaram que ao entrar no site recebiam alertas do antivírus. A equipe técnica logo percebeu que era provável estas reclamações serem relacionadas ao uso do script, e então no dia 10 ele foi removido a pedido dos editores.

Este esclarecimento é direcionado a alguns seguidores que nos cobraram explicações a respeito. A eles, devemos satisfação.

Anúncios

9 comentários sobre “Esclarecimento sobre a mineração de criptomoedas

  1. Mesmo que vocês tivessem mantido, e justo quem escreve precisa de algum tipo de retorno, as pessoas precisam entender que nem tudo é de graça. O problema que mineração de cpu não vale a pena. Parabéns pelo trabalho

  2. Então, tipo, vocês elevaram o consumo de processamento das máquinas, elevando assim o consumo de energia e a redução de vida útil do equipamento eletrônico sem avisar, deliberadamente “roubando” recursos (energia e hardware) sem consentimento, e acha que depois dessa notinha aí “tá de boa”. Bando de babacas.

  3. Olha, tudo bem fazer um experimento para substituir anúncios. Mas, por que não avisaram antes de começar? Seria mais transparente. Infelizmente, da forma como foi feito, pareceu que vocês estavam fazendo algo as escondidas, até que alguém percebesse. Teriam evitado essas dores de cabeça se tivessem publicado essa nota desde o começo. De qualquer forma, agradecemos os esclarecimentos.

Deixe uma resposta