Raquel Gerde: “A Globo enlouqueceu ao começar campanha de difamação contra a família brasileira”

A ativista Raquel Gerde, do Movimento Brasil Livre no Espírito Santo, escreveu a respeito dos recentes ataques da Rede Globo contra aqueles que se indignaram com a pedofilia do MAM e da exposição Queermuseu. Ela disse:

A Globo enlouqueceu!!!

Começou uma campanha de difamação da Família Brasileira que é contra a essas “artes” com incentivo claro à pedofilia, patrocinado com dinheiro público da Lei Rouanet. Querem reprimir opinião de toda uma sociedade de se manifestar contra esse lixo chamado de “arte”, e mais uma vez silenciar a grande população de bem do Brasil.

Que liberdade é essa que essa gente prega que não respeita o direito do cidadão viver sua escolha, numa sociedade que quer respeito às leis, ao nosso dinheiro e “principalmente às nossas crianças”?

O que a Globo e seus artistas querem é mais uma vez enfiar na goela abaixo de uma sociedade toda sua imoralidade como veio fazendo aos longo desses anos, apoiado pela política de um governo totalitário do PT , PSOL, PCdoB, Rede e seus asseclas.

Partiram para um ataque declarado ao MBL, e a todos os políticos que se manifestaram contra, na tentativa de calar a voz dos que foram eleitos para representar o povo. A máscara dessa extrema esquerda e da Globo caiu.

Não vamos aceitar a mordaça que querem nos colocar, nos intimidando e nos rotulando como sempre fizeram.

Fora Rede Globo e seus artistas do PT, PCdoB, PSOL, Rede e seus filhotes militantes! A boquinha da lei Rouanet para promover pedofilia e essa agenda de “gênero” está acabando. Os milhões de brasileiros calados resolveram enfrentar o “poder” de uma emissora que julgou ser maior que a força da nação brasileira.

Basta Rede Globo! “Deixe nossas crianças em paz!” É definitivamente assustador.

Anúncios

19 comentários sobre “Raquel Gerde: “A Globo enlouqueceu ao começar campanha de difamação contra a família brasileira”

  1. Nossa que matéria ridícula. Parece ter sido escrita por alguém com doença mental… Procure um psiquiatra. Aff… Tudo agora é culpa da Globo na Terra. Inveja do caralho…

  2. Realmente é assustador, nesse último domingo, dia 8 de outubro, no mesmo programa, o Fantástico tentou nos enfiar goela abaixo ideologia de gênero, agenda desarmamentista e a pior de todas as matérias: atacou a religião cristã, defendeu mais uma vez a pedofilia no MAM e de quebra ainda incitou a divisão da população naquela velha tática de formar pequenos grupos “nós contra vocês”. Foi totalmente tendenciosa nas três reportagens, como sempre não expôs os dois lados, só o lado que interessa à agenda esquerdista…. Triste saber que muita gente desinformada compra essas abobrinhas como verdades!!!

  3. A Globo procura impor na um modo de pensar e viver de um nicho da zona sul carioca que não reflete o pensamento da imensa maioria das famílias brasileiras. Assistam às suas novelas que tratam de modos e costumes e tirem suas próprias conclusões se esse é o modelo das famílias brasileiras de Norte a Sul

  4. A Globo é lixo.
    Aconselho as famílias do bem não assistirem seus programas.
    O SOCIALISMO E O COMUNISMO SÃO O CÂNCER DO BRASIL.
    BOLSONARO PRESIDENTE EM 2018.

    1. A reflexão mais completa, que resume tudo o que estamos vivendo no Brasil nos últimos anos :

      Atualmente querem que os padres se casem e que os casados se divorciem.
      Querem que os héteros tenham relacionamentos líquidos sem compromisso, mas que os gays se casem na Igreja.
      Que as mulheres tenham corpos masculinizados e se vistam como homens e assumam papéis masculinos. Querem que os homens se tornem “frágeis” e delicados e com trejeitos, como se fossem mulheres. Uma criança com apenas cinco ou seis anos de vida já tem o direito de decidir se será homem ou mulher pelo resto da vida, mas um menor de dezoito anos, não pode responder pelos seus crimes.
      Não há vagas para os doentes nos hospitais, mas há o incentivo e o patrocínio do SUS para quem quer fazer mudança de sexo.
      Há acompanhamento psicológico gratuito para quem deseja deixar a heterossexualidade e viver a homossexualidade, mas não existe nenhum apoio deste mesmo SUS para quem deseja sair da homossexualidade e viver a sua heterossexualidade e se o tentarem fazer, é crime.
      Ser à favor da família e religião é ditadura, mas urinar em cima dos crucifixos é liberdade de expressão.

      Se isso não for o Fim dos Tempos, deve ser o ensaio…
      Texto de Almir Favarin – Teólogo e Psicanalista

      1. A mais pura e clara verdade que foi dita entre vários comentários que tenho lido, parabéns Almir Favarin, também penso dessa maneira, querem nos empurrar goela abaixo a maneira que eles pensam em relação a tudo, e se és contra, és fascista, ignorante, coxinha, reacionário e aí vai !

  5. Essa exposição de arte pode existir? Claro que sim, não só pode como DEVE! A arte não pode ser definida ou censurada. JAMAIS! Quem quiser ver, pague ingresso e vá ver, quem não quiser, não vá. Simples assim… Censurar não é solução, nunca foi e nunca deveria ser. Não sendo ilegal, toda forma de arte é permitida.

    Exposições de arte como esta podem ter crianças nela? NÃO, não podem! Independente de seus pais ou tutores legais estarem presentes com ela. O menor deve SEMPRE ser protegido e a situação a qual as crianças foram expostas no museu vão de contra as Leis vigentes no país. Leis essas feitas para atender as necessidades e anseios da maioria da população. E a maioria da população não esta disposta a ver crianças interagindo com homens nus. Fim da questão.

    Ocorre que os 02 lados dessa conversa não se entendem, não pela dificuldade do tema, mas porque não querem se entender. O filtro de público do museu foi mal feito, não basta por uma placa de limite de idade, deve-se barrar o acesso. Nessa história alguém deverá ser punido e novas regras definidas para que coisas parecidas não voltem a ocorrer.

    Não há como argumentar sobre o que não tem argumentos… A dona Regina tem absoluta razão e atrás dela esta a maioria da população brasileira, só essa classe de pervertidos e hipócritas é capaz de defender algo tão asqueroso.

    E para quem quiser ler o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990 – ECA), vão ver que “acompanhado de pai e mãe” não é salvo conduto para absurdos como o que cometeram.

    Gostos pessoais não devem pautar essa questão. Foco na discussão e na legalidade dela.

    1. Excelente argumento. Parabéns! Concordo plenamente contigo. A arte, por mais confusa que seja, deve se ater aos bons costumes e à moralidade. A exposição de um homem nu com crianças é um ultraje à sociedade, é um crime, é apologia à pedofilia. Pode ser arte pra muita gente aquela exposição do queermuseu, mas não se pode, nunca, expor aquilo a crianças ingênuas e inocentes.

  6. A Globo não começou recentemente a tal campanha contra a família; Ela faz isso há décadas, via Novelas indecentes, jornalismo boca-de-porco, reportagens manipuladoras…

Deixe uma resposta