MPF quer R$ 1 bilhão em sequestro de bens da quadrilha de Nuzman em virtude das fraudes nas obras da Rio 2016

Além da prisão, o MPF pediu à Justiça Federal o sequestro de bens de alto valor de Carlos Arthur Nuzman e demais integrantes da organização criminosa.

Segundo os procuradores, “a asfixia financeira da organização criminosa é essencial para o seu desmantelamento, de modo que o sequestro de bens dos investigados é essencial para que haja efetividade processual”.

O valor foi calculado em face do dano moral provocado à União, ao estado do Rio de Janeiro e ao município, devido ao escândalo de proporções mundiais.

As informações são do site O Antagonista.

Anúncios

Deixe uma resposta