Segundo Bolsonaro, TSE pediu que Câmara vote projeto que revoga a lei do “voto impresso”

De acordo com deputado Jair Bolsonaro, o Tribunal Superior Eleitoral teria solicitado que a Câmara vote, ainda nesta quarta–feira, um projeto que revoga a lei do voto impresso.

22089996_926642067484780_165003399147623995_n.jpg

Para entender o caso é preciso voltar um pouco no tempo.

Em 2015, foi aprovado pela Câmara o projeto do deputado Leonardo Picciani que estipulava o voto impresso. Na realidade, o voto impresso proposto não substituiria as urnas eletrônicas, ele apenas obrigava o TSE a programar a urnas para que elas emitissem um comprovante impresso para o eleitor, tornando assim possível que a eleição fosse auditada caso houvesse suspeita de fraude.

Se o que Bolsonaro diz for verdade, então o TSE está agindo contra os interesses do povo.

Anúncios

2 comentários sobre “Segundo Bolsonaro, TSE pediu que Câmara vote projeto que revoga a lei do “voto impresso”

  1. O lula quer concorrer a presidência, tem coisa errada com as urnas, um estudo feito demonstrou que o programa é falho pode ser corrompido, estão contando muito com a vitória do lula, mesmo ele tendo altos índices de reprovação popular, querem ele na cadeia.

Deixe uma resposta