Blog petista quer punir juíza que decretou prisão de reitor da UFSC que se suicidou

Pela esgotosfera petista, os militantes estão empenhados em forçar a narrativa de que o reitor da UFSC que se suicidou fez por conta de “perseguição judicial”.

Vejam um trecho da matéria publicada pelo DCM:

Estava impedido de entrar no campus e, fora advogados e médicos, só podia falar com seu irmão, o jornalista Júlio Cancellier. Quando concedeu que ele retomasse algumas atividades acadêmicas, foi introduzindo uma nova humilhação: sua presença na universidade seria estritamente cronometrada, duas horas e meia, como se fosse um elemento tóxico ou radioativo. Em suma: um exemplo perfeito da prepotência, da insensibilidade e do autoritarismo que, infelizmente, grassam no Judiciário brasileiro. Pergunto: uma vez que esse evidente abuso de poder levou a consequências tão trágicas, haverá algum tipo de punição à juíza?

Isso tudo é para dar embasamento ao discurso que servirá quando o líder maior dos larápios for preso.

Fonte: Diário do Centro do Mundo

Anúncios

Deixe uma resposta