Senador gasta fortuna em restaurantes caros. E tudo isso é permitido por lei…

O senador Zezé Perrella (PSDB-MG) é cliente assíduo do restaurante Monjardim, em Belo Horizonte. Só entre março e agosto, a excelência já deixou 3.500 reais no estabelecimento.

Como o Senado brasileiro é uma mãe rica, os gastos não são ilegais, muito pelo contrário. Os parlamentares podem usar os recursos do contribuinte para investir pesado nas delícias da boa mesa. Perrella sabe disso, tanto é que gastou 780 reais no Monjardim em 26 de agosto. Noutro dia, 640 reais.

No mesmo restaurante, de março para cá, há ainda faturas de 598 reais; 520 reais; 532 reais; e 474 reais, como mostra a prestação de contas do gabinete do tucano.

As informações são do Radar On-Line.

Anúncios

Deixe uma resposta