Raquel Dodge defende prisões preventivas da Lava-Jato

Informou O Antagonista:

Raquel Dodge quer mandar prender novamente os criminosos que foram soltos por Gilmar Mendes.

No parecer sobre Lélis Teixeira, ela defendeu a necessidade das prisões preventivas decretadas por Marcelo Bretas:

“Revela-se necessário, pois, manter a prisão preventiva questionada. Especialmente em casos como o dos autos, referentes a grandes, complexos, duradouros e institucionalmente entranhados esquemas de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e outros delitos financeiros graves – que envolvem, além de diversas outras pessoas, um número considerável de agentes públicos e políticos, muitos dos quais, inclusive, ainda ocupam postos de comando na estrutura de poder do Estado brasileiro – a custódia preventiva exsurge como essencial instrumento inibitório da continuidade ou da repetição das graves práticas ilícitas constatadas.”

Anúncios

Deixe uma resposta