Elite artística de extrema esquerda quer censurar Doria e proibi-lo de falar sobre exposição do MAM

Um texto cínico e patético publicado no blog petista Brasil 247 acabou evidenciando que a “elite” artística de São Paulo quer praticar censura contra o prefeito João Doria.

De acordo com o site, dirigentes do Museu de Arte Moderna de São Paulo teriam ficado “decepcionados” com o fato de Doria ter publicamente criticado a exposição pedófila que foi tema nos últimos dias. Veja:

ScreenShot_20171003113825.png

No primeiro parágrafo do texto, foi dito o seguinte:

A manifestação de João Doria contra a performance do MAM (Museu de Arte Moderna) que mostrava um homem nu surpreendeu e causou desconforto aos diretores da instituição. Eles esperavam que o tucano se posicionasse na linha da defesa da liberdade de expressão.

Patético e cínico, como já foi dito antes. É óbvio que Doria “censurou” a exposição. Não há nada de “liberdade de expressão” em um homem nu ser tocado nas genitálias por crianças desconhecidas em meio a outras pessoas desconhecidas. A verdade mesmo é que Doria até pegou leve, o certo seria a prefeitura mover uma ação contra a instituição.

Ademais, ao acusarem Doria de “censura”, eles é que estão querendo censurar o prefeito sob o pretexto de que estão do lado da “liberdade artística”. Os esquerdistas precisam assumir logo que simplesmente apoiam a pedofilia.

Anúncios

3 comentários sobre “Elite artística de extrema esquerda quer censurar Doria e proibi-lo de falar sobre exposição do MAM

  1. FAKE NEWS!!!! O Jornal Livre MENTE ao dizer que o homem nu foi tocado na genitália pela criança, que simplesmente tocou seus pés.

    PS: Geralmente, pedofilia é quando um homem vestido toca a genitália de uma criança nua.

Deixe uma resposta