Menina de 6 anos é induzida a praticar ato libidinoso. Onde estão as feministas falando sobre “cultura do estupro” agora?

As feministas defendem que um assédio como uma cantada pode ser considerado estupro. E quando uma criança é induzida a praticar ato libidinoso em público, onde estão as feministas gritando que a culpa é da cultura de estupro?

Anúncios

13 comentários sobre “Menina de 6 anos é induzida a praticar ato libidinoso. Onde estão as feministas falando sobre “cultura do estupro” agora?

  1. Sempre houve exposição de arte e ninguém criticou. Não vem com esse papinho de preconceito não babaca. Tá quer é se aparecer pq fdp nenhum está preocupado com o bem-estar da sociedade não. Quer é se eleger em cima dos trouxas. E vai ter críticas sim. Não adianta. Mais um que não foi partido foi cagado e vomita pela boca.

  2. Aonde que isso e arte…
    A e estamos no Brasil,até a ARTE eles conseguiram corromper.
    Aqui no Brasil ta tudo liberado ..estão chamando pedofilos,os amanates da zoofilia,etc…
    os mais deprevados para expor seus sentimentos…ou desejos canais mais ocultos, até mesmo denegrir as religião dos outros isso é ARTE?
    Pior de tudo governo federal apoiar.

  3. ZOG – Entendi agora, a menina foi levada pela mãe para receber um “empowerment” ou na transcrição da esquerda morena: ser “empoderada”. Como podemos ser contra uma mãe por querer tal “upgrade” no status humano da sua criança? Para receber tal “força mágica” a garota, deveria ser levada a reconhecer publicamente o corpo masculino, o corpo opressor, o corpo patriarcal. Tocá-lo, reconhece-lo, serviria como uma espécie de vacina contra o poder do falo nas sociedades capitalistas. Resta explicar o fato da situação de “empowerment” ser pública. Entendo que ao se “empoderar” publicamente a menina (sempre levada pela mãe, o pai, evidentemente, não conta) mostra o caminho que todas deveriam seguir: ver de perto, tocar para reconhecer o inimigo futuro. Dizer a todos que não se submeterá quando seus hormônios gritarem pedindo por coito alguns anos depois. É a magia da UNESCO chegando ao Brasil com certo atraso, como sempre. At.ZOG.

  4. são todos irresponsabilizeis querem ver arte em coisas besta e agora colocar uma pessoa sem roupa com uma criança e dizer que uma arte ou ta represem do algum tipo de arte e muita hipocrisia eu tenho nojo de um povo chamado brasileiro.

  5. A comparação não é nem minha, mas vamos lá:

    Pegue o quadro da Monalisa tira do museu e põe na sua casa. Continua sendo arte.

    Pega um homem nu com uma criança de 4 anos na sua casa: é pedofilia. Põe o cara nu com a criança num museu: continua sendo uma putaria/pedofília.

    Esquerda adora mudra o nome das coisas.

    Está na hora de darmos um basta a tudo isto.

Deixe uma resposta