EXCLUSIVO: Museu de Arte Moderna de São Paulo faz evento com erotização infantil e gera revolta

Está acontecendo no MAM, Museu de Arte Moderna de São Paulo, o 35° Panorama da Arte Brasileira. O evento começou no dia 26 deste mês de setembro e irá até 17 de dezembro.

Nesta quinta-feira, 28, surgiu a primeira polêmica. Fotos e vídeos foram publicados no Instagram mostrando uma criança participando de uma “oficina”.

Veja:

8ce2a191-727c-492e-ba07-1206f8abb7c7709def00-21a0-40db-ba36-672a0e19c35847b1c981-bae7-42d4-8121-a5de0ad93d99


No site oficial do evento um texto explica do que se trata o Panorama, leia um trecho:

Reunir em uma exposição, que se pretende um Panorama da Arte Brasileira, desde a concretude da intervenção arquitetônica até a fluidez da dança, passando pelo audiovisual, pela escultura, pela fotografia e pela palavra, mais que explicitar a diversidade da cena contemporânea, em que a divisão de meios expressivos e de disciplinas parece obsoleta, busca ressaltar a multiplicidade de tempos que compõem nosso momento histórico. O tempo do corpo que dança, da palavra escrita e da imagem projetada respondem a formas de percepção e de experiência plurais. Simultaneamente, é parte de nosso desafio articular os diferentes imaginários que se contaminam e se multiplicam no Brasil entre a cidade e a floresta, as comunidades periféricas e os centros cosmopolitas, entre o caos, a indeterminação e o mito.

As imagens e o vídeo contradizem “um pouco” o conteúdo pretendido no Panorama.

Mais informações sobre o evento:

35º Panorama da Arte Brasileira – Brasil por multiplicação
Abertura: 26 de setembro (terça-feira), a partir das 20h
Visitação: 27 de setembro a 17 de dezembro de 2017
Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Parque Ibirapuera, próximo aos portões 2 e 3.
Horários: Terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h)
Tel: (11) 5085-1300
Ingresso: R$ 6. Gratuito aos sábados.
Agendamento gratuito de grupo: 5085-1313 | educativo@mam.org.br

Menores de 10 e maiores de 60 anos, sócios e alunos do MAM, funcionários das empresas parceiras e museus, membros do ICOM, AICA e ABCA com identificação, agentes ambientais, da CET, GCM, PM, Metrô e funcionários da linha amarela do Metrô, CPTM, polícia civil, cobradores e motoristas de ônibus, motoristas de ônibus fretados, funcionários da SPTuris, vendedores ambulantes do parque Ibirapuera, frentistas e taxistas com identificação e até 4 acompanhantes não pagam entrada.
Anúncios

801 comentários sobre “EXCLUSIVO: Museu de Arte Moderna de São Paulo faz evento com erotização infantil e gera revolta

  1. São atitudes ou seja eventos como estes, se dizendo cultura, arte, bem isso é ofender o artista que rala para ter seu espaço em um país que pouco patrocina os verdadeiros artistas, uma criança não tem maturidade para diluir tamanha ignorância, a falta de respeito esta sendo criminoso, cuidado com o que planta pois a colheita certamente virá…um simples comentário de quem valoriza o artista, mas o artista e a arte simples e bela como deve ser…

  2. Enquanto isso a petezada do curso de Humanas da USP acende velas pedindo a proteção da quadrilha… Confira: 🕯️🕯️🕯️🕯️🕯️https://www.facebook.com/paudeararaopressor/photos/a.548269148695205.1073741829.485428878312566/718034415052010/?type=3

  3. Essa otária q está mandando a menina apalpar o homem deitado, por acaso ia mandar ela apalpar o pênis tbm? Já q pra ela é normal, é apenas uma parte do corpo !!! Acredito q tem a hora certa para q as crinças tenham q saber dessas coisas. Se fosse minha filha , jamais q eu a levaria num lugar como esse !!! Se é uma arte então q seja pra adultos, deixa essa menina em casa brincando com brinquedos da sua idade. Tem sempre um marmanjo querendo confundir a cabeça das criancas, é msm o fim dos tempos !!! Affff
    Ainda vem idiotas defender e usar palavras chulas, sem um pingo de educação !!!

  4. No passado isso era pedofilia, assédio sexual, atentado ao pudor e etc, hoje ainda é a mesma coisa, sócio mudou o nome. O que era feito escondido, hoje é ao público e com a aprovação dos genitores. O corpo humano deve ser tocado somente por profissionais em saúde para prover tratamento e por seu cônjuge legalmente casado, mas em ambos casos com limites claramente estabelecidos pelo Criador. O resto é imoralidade e deve ser repudiado com veemência.

  5. Uma vergonha para raça humana, querem colocar esta vergonha nossa garganta abaixo, infiltrando esta porcaria na Arte ,mais o Brasil ainda pertence a JESUS. e esta farsa vai cair, eles aguardem.

Deixe uma resposta