Mais provas falsas: Defesa de Lula forjou assinaturas de recibos em datas nas quais o responsável nem estava no país

Glaucos da Costamarques estava em Los Angeles em 6 de janeiro de 2014, data de assinatura de um dos recibos entregues pela defesa de Lula.

O primo de Bumlai viajou em 12 de dezembro de 2013 e retornou ao Brasil só no dia 9 de janeiro do ano seguinte. Será que Marisa foi até Los Angeles pagar o aluguel?

glaucosLosAngeles

Outro dos recibos, o do dia 5 de março de 2012, coincide com a chegada de Glaucos da Costamarques de outra viagem ao exterior. O primo de Bumlai desembarcou às 20h16 no Aeroporto de Guarulhos. Será que Marisa Letícia o esperava para pegar o comprovante de quitação do aluguel daquele mês?

As informações são de Claudio Dantas, d’O Antagonista.

Anúncios

5 comentários sobre “Mais provas falsas: Defesa de Lula forjou assinaturas de recibos em datas nas quais o responsável nem estava no país

  1. Com os advogados que tem, o Lulão não precisa de inimigos.
    Os doutores não combinaram a narrativa com o Glaucos, antes de produzirem os recibos “fake”.
    “Boa tentativa” dos doutores advogados acochambradores (do verbo acochambrar = dar um jeitinho), mas o Lulão agora terá de responder pelo crime de falsidade ideológica (artigo 299 do Código Penal Brasileiro).

  2. É muito Simples , ir ao Banco onde este Glauco tem conta , e puxar os extratos dessa época , pra verificar se aparecem cheques dos Aluguéis em questão ….
    O único problema será se recebeu em dinheiro 💰….!!!
    Mas se o próprio declarou q não recebeu, creio q então revelaria quem está mentindo ….!!!

Deixe uma resposta