Prisão preventiva de Aécio será julgada hoje pelo STF

O pedido de prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB) será julgado hoje pela primeira turma do Supremo. O pedido é relacionado aos R$ 2 milhões que o senador teria recebido do empresário Joesley Batista.

Em maio, na mesma ocasião em que a PGR divulgou os áudios dos irmãos Batista, Aecio foi envolvido em um esquema complexo de corrupção e algumas das gravações implicavam diretamente o senador. No entanto, desde então ele permaneceu solto.

Anúncios

Deixe uma resposta