URGENTE: tribunal nega a Okamotto anulação de processo que condenou Lula

Nesta quinta-feira, 21, O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou  liminar em habeas corpus que havia sido impetrado pela defesa do presidente do Instituto Lula, Paulo Tarciso Okamotto, pedindo a anulação da sentença no processo que apurou a propriedade do apartamento triplex no Guarujá. Okamotto foi absolvido por Moro do crime de lavagem de dinheiro. Sua defesa recorreu da sentença.

As informações são do site do TRF4.

 

Anúncios

Deixe uma resposta