MPT que quer causar desemprego em RN apela e lança falsa comunicação de crime 

O empresário Flávio Rocha foi denunciado ao Ministério Público Federal pela procuradoria geral do trabalho. A denúncia é por “incitação à violência”, “coação no curso do processo”, “difamação” e “injúria”.

Se trata, na verdade, de uma retaliação após as declarações do empresário nas redes sociais onde defendia o emprego de milhares de trabalhadores da ação movida pela procuradora Ileana Mousinho.

Ileana integra um grupo de oito procuradores responsáveis pela ação que cobra R$37, 1 milhões em indenização do Grupo Guararapes em decorrência de trabalho terceirizado.

A denúncia apresentada contra Flávio Rocha é uma notícia crime. A partir de agora, o Ministério Público Federal irá analisar o processo para decidir se transformará a denúncia numa ação penal contra o empresário.

Na quinta-feira, 21, os trabalhadores terceirizados se reuniram em Natal para protestar contra a ação pública do Ministério Público do Trabalho.

Fonte: Flávio Rocha é denunciado por incitação à violência – Saiba Mais

 

Anúncios

Um comentário sobre “MPT que quer causar desemprego em RN apela e lança falsa comunicação de crime 

  1. Amigo, o povo do RN estão vivendo strves de uma ditadura realizada pela procuradora, que vive em palacio de R$86.000,00 uma criatura dessa só que persegui veja quantas empresa terceirizadas ela já fechou e deixando o pessoal desempregado, mais ninguém estão enxegargando as irregularidades pratcado pela mesma porque ela não faz isso com os órgão como ufrn, teu, Funasa, Ibama, órgão que não pagam..

Deixe uma resposta