Dilma diz que Trump praticou “discurso de ódio” contra a Coreia do Norte, mas não disse nada sobre o ditador aliado

Segundo Dilma Rousseff, ao dizer que acabaria com a ditadura norte coreana, Trump teria incorrido em crime de ódio contra a humanidade. Curiosamente, ela nada disse sobre o fato de o ditador aliado estar testando armas nucleares nos mares de países vizinhos.

Todo o sangue das ditaduras está nas mãos dos seus defensores: a extrema-esquerda.

Anúncios

6 comentários sobre “Dilma diz que Trump praticou “discurso de ódio” contra a Coreia do Norte, mas não disse nada sobre o ditador aliado

  1. Tadinha da Dilma… A esta altura do campeonato, deve estar chorando no banho pelo protótipo de ditadura que ela e seus comparsas tanto sonharam implementar aqui no Brasil e que está sob ameaça na Coreia do Norte.

    Falando em discurso de ódio, e o tal sindicalista que falou em pleno Palácio do Planalto que pegaria em armas em defesa do regime lulopetista que ela conduzia até ano passado aqui no Brasil?

    The cry is free! #IamwithTrump

  2. Essa mulher é uma maluca , queria dialogar com o estado islâmico !! Da outra vez que foi pra ONU queria estocar vento !! A Vanda terrorista tem que defender os amigos Dela ! Essa mulher é uma 🐎.

  3. E o fundador do PT, num vídeo numa mesa de bar, dizendo que deveria metralhar todos da direita? E o presidente do PSTU chamando todos à guerra para defender Lula? E muitos, muitos, muitos outros exemplos de que a extrema esquerda é quem tem o tal “discurso de ódio”.
    Cala a boca, Dilma!!! De boca fechada já está sem razão.

  4. O LULA FUNDOU O PT E A DILMA AFUNDOU-OS!
    O SOCIALISMO E O COMUNISMO SÃO O CÂNCER DO BRASIL E DO MUNDO!
    BOLSONARO PRESIDENTE EM 2018!!!
    VERMELHOS NUNCA MAIS!!!

Deixe uma resposta