VEJA censura a própria matéria ao atacar MBL

A Veja publicou uma matéria tendenciosa com a intenção de atacar o Movimento Brasil Livre por causa do cancelamento da exposição “Queer” do Santander Cultural, decisão que partiu do próprio banco após o boicote promovido pela sociedade civil organizada.

Veja abaixo sete exemplos que já causaram escândalos ou que poderiam ser consideradas censuráveis aos olhos de quem, como os integrantes do MBL (Movimento Brasil Livre), se manifestou contra a Queermuseu

O que o “gênio” que selecionou as imagens não foi capaz de perceber é que houve censura em uma delas. Na sanha de tentar denegrir a atitude democrática do movimento (de apoiar o boicote a mostra artística), a redação do site acabou se enforcando na própria corda.

9a3b6ae6-3d5d-42d9-88ef-34b8bccf5268

 

Anúncios

3 comentários sobre “VEJA censura a própria matéria ao atacar MBL

  1. Obscenidade e pornografia não deve ser defendido como liberdade de expressão, ou então poderia se fazer orgias a luz do dia(não que a extrema esquerda não queira, ele querem obvio). Hoje em dia a pornografia é menos censurada que discursões políticas.

  2. MEDO MEDO MEDO
    kkkkkkk o desespero da grande mídia já tá dando dó
    Eles sabem que vão perder o dinheirinho do Governo se um liberal sentar na presidência

  3. sem falar que o fotógrafo/modelo da foto, robert mappethorpe infelizmente morreu de aids, acho que ainda os anos 80, em função de sua promiscuidade desprotegida, como muitos outros gays daquela época…

Deixe uma resposta