Polícia apreende quadro que incentivava pedofilia

Nesta tarde de quarta-feira, a Polícia Civil de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, apreendeu  o quadro “Pedofilia”, que estava em exposição no Museu de Arte Contemporânea, Marco, localizado no Parque das Nações Indígenas. A exposição, intitulada “Cadafalso”, é da artista plástica mineira Alessandra Cunha Repre.

A obra estava exposta desde junho e hoje foi denunciada por deputados estaduais à DPCA, Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. Os parlamentares alegaram que o evento faz promoção “de sacanagens e desrespeito à família e aos bons costumes”.

O deputado que levou o tema para a Assembleia Legislativa foi Lídio Lopes (PEN). No término da sessão, os deputados Paulo Siufi (PMDB), Herculano Borges (Solidariedade) e Coronel David (PSC), denunciaram a exposição formalmente na DEPCA.

Fabio Sampaio, delegado que foi ao local, aceitou o argumento e apreendeu uma das obras por entender que havia incitação ao crime. A coordenadora do Museu, Lucia MontSerrat, declarou que “vê uma denúncia á sociedade”.

 

 

.

Anúncios

13 comentários sobre “Polícia apreende quadro que incentivava pedofilia

  1. Não entendi nada ! A exposição estava desde junho , apresentando abertamente esse quadro de Pedofilia , é só agora é que foi apreendido ? Depois de ser visto por quase 3 meses ?…Por favor Jornalista , explique-se melhor !
    Please !!!!!

    1. Simples, essas coisas estão ocorrendo costumeiramente em todo pais, ninguém dava a menor atenção, até o escabroso caso do SANTANDER em Porto Alegre, agora tudo vem a tona.
      Provavelmente, alguém já denunciou isso varias vezes, mas como não era politicamento correto acabar com a festa, nada se fazia.
      Depois da manifestação que mostrou onde esta a vontade da população ordeira do Brasil no caso Santander, o ‘Politicamente correto” mudou de lado, e com eles os votos dos eleitores, agora estas “obras de Arte”, vão receber o destino que realmente merecem , o lixo.
      Mas não é por causa de moralidade ou ética de nossos políticos, e sim porque caiu a ficha: OPA!!! se continuar apoiando essas “artes” não vou ser eleito”.
      Ou seja vamos ver muitas exposições fechadas e “Obras de Arte” recolhidas.
      Ainda bem.
      Não ha duvida a voz do povo é a voz de Deus, e das urnas também.

      1. Concordo, se alguém gosta de libertinagem, que pinte a sua própria nudez e a exponha, mas não faça apologia á crimes. Quanto ao ataque á igreja católica, estado laico signica respeito a todas as religiões, e não agressões. No comunismo se apregoa que para se destruir uma sociedade, primeiro se destroem seus valores, sua fé e após, a idéia de família. Está na hora do povo brasileiro resgatar os valores perdidos para tentar manter a família intacta.

  2. Lembrei-me de quando Hitler promoveu a exposição “Arte Degenerada”, que tinha o intuito de criticar, negativamente, a arte moderna como algo que fazia promoção “de desrespeito à família e aos bons costumes”. Rsrsrss…

  3. Lamentavelmente isso mostra a falta de fiscalização e bom censo por parte dos órgãos públicos e organizadores.
    Foi necessário o escândalo do QUEERMUSEU para que houvesse uma atitude sensata.

  4. Graças a Deus que ainda existem autoridades com bom senso que não apoiam essas obras malignas que incentivam a prostituição infantil

Deixe uma resposta