Geddel está com medo de ser currado na cadeia e pede para sair

A defesa de Geddel Vieira Lima pediu que o criminoso volte para o regime de prisão domiciliar em seu apartamento em Salvador alegando risco de “estupro” na Penitenciária da Papuda, novo lar do ex ministro.

O requerimento foi negado pela juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal. A magistrada ressaltou que o argumento da defesa é baseado em informações “especulativas” e “inverídicas”.

As informações são do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta