Fachin alega que Janot não é suspeito para trabalhar nas investigações da Lava Jato

A defesa de Michel Temer protocolou um pedido de afastamento do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, das investigações da Operação Lava Jato. O pedido, que foi encaminhado para o STF, teve como seu responsável o ministro Edson Fachin, relator da força-tarefa na Suprema Corte.

Para Fachin, petista escancarado, Janot não é suspeito. Nem mesmo as últimas revelações das conversas entre Joesley Batista e Ricardo Saud foram capazes de mudar essa “perspectiva”, aparentemente.

Anúncios

2 comentários sobre “Fachin alega que Janot não é suspeito para trabalhar nas investigações da Lava Jato

  1. Nao vejo rodriho janot como petista ate pq mando muito petista p vala
    Acho muito bom o trabalho dele e quem tiver culpa q pague pelos seus atos!
    Seja ele quem for nao interessa o partido como diz nosso exercito brasil acima de tudo!

Deixe uma resposta