Raquel Dodge vai ter que reconstruir a credibilidade da PGR após a bomba da JBS

Raquel Dodge assume o cargo de nova procuradora geral da República nesta próxima segunda-feira, 18, e terá de limpar a bagunça deixada por Rodrigo Janot após a bomba da autogravação dos delatores da JBS, e da foto de Janot se encontrando com o advogado de Joesley Batista em um boteco de Brasília.

Dentro do Ministério Público Federal, Raquel é de um grupo que faz oposição ao atual procurador geral, Rodrigo Janot e acredita em uma postura diferente da que foi adotada por ele para conduzir a Lava Jato no Distrito Federal: menos ações midiáticas e mais investigações técnicas.

As informações são da Gazeta do Povo.

 

Anúncios

Deixe uma resposta