Eike Batista quer pagar 55 milhões para fechar acordo de delação premiada

Eike Batista se propôs a pagar 55 milhões de reais em multas para conseguir fechar o acordo de delação premiada que poderá ser homologado pelo STF.  O valor seria uma espécie de “ressarcimento” da propina que pagou para agentes públicos. Eike teria repassado, segundo a Lava Jato do RJ,  US$ 16,5 milhões ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), supostamente para obter vantagens indevidas nos negócios.

As informações são do Estadão.

 

Anúncios

Deixe uma resposta