Amigo íntimo de Maria do Rosário, curador responsável por exposição ataca MBL

O Santander Cultural, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, anunciou neste domingo o cancelamento da exposição “Queermuseu — Cartografias da diferença na arte brasileira”, após protestos na instituição e nas redes sociais. Em nota, o centro cultural afirma ter entendido que as obras expostas “desrespeitavam símbolos, crenças e pessoas, o que não está em linha com a nossa visão de mundo”.

O curador responsável pela mostra, porém, mostrou surpreso. Gaudêncio Fidelis é amigo pessoal da deputada federal Maria do Rosário (PT). “Não esperava nada do gênero, até porque a exposição estava sendo muito bem recebida e elogiada até agora”, afirmou. Ele esteve presente em aniversário da deputada, conforme registro nas redes sociais.

Fidelis aproveitou para atacar o Movimento Brasil Livre (MBL), um dos grupos que pressionou o Santander: “Estava tudo bem, até que, em algum momento, alguma coisa apareceu e desencadeou tudo isso. Esse pessoal do MBL é muito reacionário”.

Veja registro no detalhe:

amigo de maria do rosário

 

Anúncios

2 comentários sobre “Amigo íntimo de Maria do Rosário, curador responsável por exposição ataca MBL

  1. Ser amigo da Maria dos Presidiários não é um bom precedente pra ninguém, mostra o nível desse curador, amiga de uma esquerodpata intolerante e reacionária que defende estuprador e psicopata. Só por isso jamais iria nesta exposição.

Deixe uma resposta